Odisseia ambiciona ampliar a compreensão do legado intelectual deixado por Abdelmalek Sayad e, assim, suprir a lacuna presente no campo dos estudos migratórios desenvolvidos no Brasil. Para tanto, apresentamos duas atividades em desenvolvimento:

A primeira é, por meio de um grupo de estudos regular, mapear integralmente as obras do sociólogo cabila, seu diálogo com seus interlocutores e as conexões que podem ser estabelecidas entre suas reflexões e autores/escolas do pensamento social.

 

A segunda é a produção e divulgação de pesquisas, atividades de ensino e de extensão (minicursos, palestras, seminários dentre outros) e a criação de redes de parcerias com interlocutores que se dedicam ao estudo da obra de Sayad no exterior – no intuito de acompanhar as últimas produções acadêmicas sobre este autor.

 

Através dessas atividades, objetivamos explorar a genealogia do pensamento de Abdelmalek Sayad, bem como a sua contemporaneidade para compreendermos os deslocamentos migratórios atuais, o papel do estado na produção do outro (representado na figura do migrante irregular e refugiados) e nas condições de precariedade que alimentam a mobilidade migratória.